Meu feriado

Bom gente, me digam (se alguém ler isso) existe coisa melhor do que passar o feriado deitado na cama vendo desenho o dia todo?
Oh! Vidão!

Publicado em cotidiano, Eu!. 3 Comments »

Mais uma do Domingo

Eu senti uma presença estranha no meio do quarto, não sabia bem o que era, apenas fechei os olhos e continuei vivendo. Um tempo depois eu senti vontade de orar, então a chamei e pedi para que ela orasse, com muita vergonha por nunca ter orado assim em voz alta fora da celula dela ela demorou, mas não tardou a começar. Ela orava firme e forte e eu apenas acompanhando, minhas pernas tremiam, do nada senti muita vontade de chorar e ela orava…

Cada vez mais e mais os arrepios eram constantes. Dava para sentir, era a muito forte a presença, tinha muitos anjos em torno de nos faziam um circulo, como se estivessem abençoando ou protegendo nosso namoro, ainda não sei o porque. Esses anjos tomavam o quarto sem sobrar um só espaço, eu podia vê-los e ela também, mágico.

Um circulo de fogo nos envolvia enquanto de mãos dadas oravamos e uma sombra negra nos rodeava, ela nos olhava, tentava entrar mais não conseguia, o poder de Deus ali era muito maior, até que a sobra sumiu, provavelmente desistiu por aquele momento e teria como conseguir permanecer? Divino.

Ao final, nos ajoelhamos, recebemos alguma coisa que ainda não sei o que era e nos abraçamos, ainda ajoelhados. Foi quando eu vi uma mão estendida com duas alianças lindas, douradas, relusentes, simplesmente maníficas. Eu estendi a minha mão e as alianças foram postas nela então eu fechei minha mão com elas dentro. Coloquei essas alianças divinas/espirituais na mão dela e juntos recebemo-as em nos, glorificando e oferecendo a Deus elas e nos.

Esses foram relatos do que aconteceu no domingo passado no início da noite, quando eu e minha namorada resolvemos orar juntos pela primeira vez, magnífico.

Publicado em Deus, Eu e Ela, Eu!. 4 Comments »

Eu descobri! Eu sou EMO!

Porque as pessoas pensam que eu sou medito? Pensam que eu sou mandão, chato, convencido e mais um bando de coisas.

Eu assumo, eu meio que transpareço isso sim, mas eu não sou assim, não sou nenhum dos “adjetivos” acima.

Sei lá, pelo menos eu acho que não sou, mas se sou, me desculpo a cada um, pois não percebi.

Quem sou eu? O que estou fazendo aqui? Qual o sentido da vida? Esquerdo ou direito?

Seria isso uma crise EMO? (Por favor, não olhe meu perfil no Last FM)

Publicado em Eu!. 3 Comments »

Um Lobbysta Cristão

Depois de um domingo, digamos assim, não muito memorável, eu me surpreendi com o final dele, o filme “Obrigado por Fumar” passou no TeleCine e me fez prender a atenção nele.

Cara, que filme bom! Me identifiquei muito com o Nick, o personagem principal que é apenas uma distração para o verdadeiro tema da trama, as “industrias consumidoras de vida” ou como o próprio filme retrata a MdM, “Mercadores da Morte”, com maior enfase na industria do cigarro.

Eu me identifiquei com o Nick porque ele sabe muito bem como falar, como enrolar as pessoas e tudo mais, ele tem esse talento e eu também. Só que ele usa profissionalmente e tem muito mais criatividade do que eu e o que mais nos diferencia é que ele usa o talento dele para ganhar dinheiro, eu não. Aprendi muito com esse cara e pode crer que eu vou te enrolar, mais cedo ou mais tarde eu vou te enrolar. E se você já foi enrrolado por mim, pode crer que vou te enrolar de novo e de uma forma ainda melhor! 😉

Ps.: O meu “enrolar” é aconselhar. Pare a leitura aqui e troque as frases referentes a mim que contém “enrolar” e ponha “aconselhar” pra você ver. rs

Esse foi um ótimo jeito de terminar um péssimo domingo?
Não! Foi um ótimo jeito de começar uma ótima segunda!

(viu? acabei de te “enrolar”! Eu disse que ia fazer isso…) auahuahauah

Publicado em Eu!. 2 Comments »

A vida é uma Graça!

não... não sou eu na foto....Sabe… quando você está desesperado e está tudo escuro a sua volta ai você descobre que a luz no fim do túnel é um trem desgovernado vindo em sua direção… sabe esses momentos?

Então… eu não to passando por isso!

YEAH!

Publicado em Eu!. 3 Comments »

Coisas a se reparar

Eu andando hoje no centro do Rio percebi que olho os rostos e carros das pessoas procurando alguém famoso entre eles e as vezes acho que encontro, mas são tão famosos que eu nem sei o nome deles…
O porque d’eu fazer isso eu não sei ao certo, pois afinal, mesmo que eu realmente encontre alguém famoso, o que vai mudar na minha vida? Eu acho que isso é só uma vontade minha de ser encontrado, parado, reconhecido, famoso, eu queria ser reconhecido pelo que faço e ainda vou fazer…

Quando eu disse que não gostei do Mute Math várias pessoas quase me crucificaram numa fogueira enquanto me fuzilavam depois de me envenenar. Hoje andando pela Uruguaiana disse à uma pessoa que eu não gosto de Kirk Franklyn, a pessoa me disse que eu era o único em toda a vida dela que disse isso.
Qual é o problema? Eu que sou estranho ou tá difícil ter opinião própria?

Coisas a se reparar.

Feliz Aniversário!

Sei lá, sexta foi meu aniversário, nem sei se é pra comemorar ou não, pois afinal: é mais um ano de vida ou menos um ano de vida? É mais um ano de vida que se foi, ou seja, o tempo ta passando…
Mas deixando as questões existêncialistas de meia idade de lado, eu me peguei pensando na palavra que mais se pensa nesta “data querida”: vida.

Eu vivo falando pelos cantos que eu perdi 17 anos da minha vida, pois não era convertido, mas será que hoje, anos depois, eu estou aproveitando ou recuperando esse tempo perdido? Cara, 20 anos é um momento muito importante, o primeiro digito muda e se entra em uma nova década, uma nova “categoria-social”. Eu acho que todos uma vez na vida em seu aniversário se pegam pensando nisso: o que estou fazendo da minha vida? Será que essa idade realmente corresponde a mim? Eu estou ficando mais velho ou mais experiente? Putz, eu e minhas perguntas…

Muitas pessoas dizem que eu tenho mente de 26 pra cima, outros dizem que eu tenho cara de 28, e a única coisa que eu consigo tirar de interessante nesse post é que a idade não importa, o que importa é a mente, se ela é madura o suficiente para receber determinadas responsabilidades. Então pra que eu escrevi esse post enorme? rs

Publicado em cotidiano, Eu!. 1 Comment »